Bem vindos

sábado, 27 de agosto de 2016

UVA DESENVOLVIDA PARA CLIMA TROPICAL CONQUISTA INGLATERRA

Uma uva preta, com sabor especial, bom equilíbrio entre açúcar e acidez e sem sementes está fazendo sucesso na Europa e conquistou o exigente mercado britânico. A BRS Vitória é a primeira cultivar brasileira de uva sem sementes tolerante ao míldio, principal doença fúngica que ataca as videiras no País. A resistência permite a redução das aplicações de agroquímicos no parreiral.

O sabor diferenciado da nova uva trouxe uma importante vantagem competitiva à balança comercial brasileira: exportações de uvas entre abril e dezembro, fazendo o País abocanhar boa fatia do mercado britânico, que nessa época costumava ser abastecido pelas uvas da Itália, Espanha e Grécia, pelo preço mais acessível. Atualmente, somente o grupo Labrunier envia semanalmente cinco toneladas da BRS Vitória para a Inglaterra.

A cultivar foi desenvolvida especialmente para as condições climáticas do Brasil no âmbito do Programa de Melhoramento Genético de Uva da Embrapa Uva e Vinho (RS). Recomendada para regiões de clima tropical úmido (Sudeste brasileiro), e tropical semiárido, a cultivar vem se destacando especialmente do Vale do Submédio São Francisco (VSF), nos municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), região que vem se sobressaindo no mercado de produção e exportação de uvas no Brasil. Lançada em 2012, a cultivar é adotada por 90% dos associados da Cooperativa de Produtores Exportadores do Vale do São Francisco (Coopexvale).

A nova cultivar permite duas safras anuais com planejamento da época da colheita. Essa versatilidade permite a programação da produção para coincidi-la com as janelas de mercado de outros países exportadores para a Europa e competir com eles com preços mais vantajosos. O pesquisador da Embrapa João Dimas Garcia Maia, um dos coordenadores do programa de melhoramento genético, explica que, com irrigação e uso de produtos para promover brotações, é possível escalonar podas durante o ano todo e proporcionar as colheitas para o melhor período do mercado.

"Nas condições tropicais, a diminuição na duração do ciclo possibilita deixar as plantas em repouso por cerca de 30 a 40 dias entre os sucessivos ciclos além de aumentar o acúmulo de açúcares durante a maturação resultando em uvas mais doces," conta Maia ressaltando que a cultura em clima tropical não sofre de limitação de calor que ocorre nas lavouras de clima temperado.

A tolerância ao míldio da BRS Vitória resultou em vantagens econômicas e ambientais. Segundo Maia, essa é uma característica que está sendo priorizada no desenvolvimento de novas cultivares de uva. "Ser tolerante possibilita uma produção mais sustentável, pois se pode reduzir cerca de 20%as aplicações de fungicidas, trazendo benefícios aos viticultores, ao meio ambiente e também aos consumidores", enumera.

Conquistando o mercado
Há 28 anos atuando na região de Petrolina, o empresário Arnaldo Eijsink está atento às tendências internacionais e em busca de novas cultivares a serem plantadas nas fazendas Labrunier, do grupo BrasilUvas. Ele foi um dos pioneiros em testar e se interessar pela 'BRS Vitória' no campo. O produtor compartilhou sua experiência durante a palestra "Tendência do mercado nacional e internacional de uvas de mesa", no XIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia.

A BrasilUvas é a maior produtora de uva de mesa do Brasil, com uma área de 900 hectares em produção, com a maior área experimental de novas variedades do mundo. Em torno de 60% de sua produção é comercializada no mercado interno, e o restante no mercado externo, diretamente para grandes redes varejistas, como Walmart, Wholefoods e Loblaws.

Segundo relatou Eijsink, a 'BRS Vitória' foi uma das uvas apresentadas em um Dia de Campo com 30 novas variedades de uvas para potenciais compradores nacionais e internacionais. "Todos os participantes ficaram admirados com o sabor diferenciado da cultivar desenvolvida pela Embrapa", lembra o empresário.

Mário Gardenalli, presidente da Cooperativa Coopexvale, foi um dos responsáveis pela validação em área comercial da 'BRS Vitória', e já há três anos produz a uva durante duas safras anuais. Gardenalli destaca o sabor diferenciado, a redução de 20% no uso de defensivos e a alta fertilidade como os maiores benefícios da cultivar. "Conseguimos realizar duas safras por ano e a cada colheita ela produz de 20 a 22 toneladas por hectare. Mas o que mais chama atenção é o sabor diferenciado, as pessoas ficam com cara de surpresa quando a provam pela primeira vez", relata.

A aceitação da cultivar está tão grande no Brasil, que cerca de 90% dos 22 associados à Coopexvale, representando 10% da área plantada da cooperativa, ou seja 33 dos 330 hectares já produzem a cultivar. "Estamos prospectando o mercado da 'BRS Vitória' no exterior, já enviamos amostras para nove clientes da Cooperativa", informa.

Gardenalli apenas reforça que os produtores devem estar atentos ao ponto certo de colheita da cultivar, pois a 'BRS Vitória' fica com a cor preta e um bom índice de açúcar, parecendo que está pronta. "O ponto certo da colheita é quando a uva está sem adstringência e, se não estiver no ponto certo, o consumidor poderá estranhar o sabor. É importante provar a uva e só colher no momento certo", alertou. A 'BRS Vitória' foi uma das escolhidas pela Cooperativa para ser comercializada com o selo "Gotas de Mel", por sua característica adocicada.

Segundo o pesquisador João Dimas Garcia Maia, no Vale do São Francisco, a boa adaptação das novas cultivares desenvolvidas pela Embrapa, associada a uma elevada produtividade e à qualidade das uvas tem estimulado a ampliação do cultivo do material. "Muitos produtores estão substituindo as copas, principalmente de cultivares do grupo ‘Itália' pelas cultivares da Embrapa, pelo desempenho que elas estão apresentando", comenta. Estima-se que atualmente cerca de 500 ha já sejam cultivados com os materiais desenvolvidos pela Embrapa: a cultivar 'BRS Vitória', em cerca de 200 ha, a 'BRS Isis', em 100 ha, a 'BRS Magna', em 140 ha, e a 'BRS Núbia', em cerca de 20 ha.

De acordo com a pesquisadora Patrícia Ritschel, também coordenadora do Programa de Melhoramento Genético da Uva da Embrapa, a 'BRS Vitória' já foi aprovada para o plantio nas principais regiões produtoras de clima tropical e subtropical como São Paulo, Paraná, Minas Gerais além do próprio Vale do Submédio do São Francisco. Ela adianta que a equipe está trabalhando no sistema de manejo para que produtores da região Sul do País também possam começar a produzi-la. "Estamos ajustando algumas questões de controle de produção e época de colheita, mas acreditamos que em regiões de clima mais úmido como no norte do Paraná ou no Rio Grande do Sul, o ideal será a utilização do cultivo protegido, para evitar problemas como a podridão-da-uva-madura", detalha.

Os cuidados no manejo dessas cultivares no campo, definição do ponto ideal de colheita, sistema de embalagens, classificação e resfriamento pós-colheita, associado a uma boa rede de distribuição tem posicionado bem as cultivares da Embrapa no mercado, tornando possível aos consumidores conhecer as novas uvas e impulsionar a sua demanda. Segundo Patricia Ritschel, a uva 'BRS Vitória' produzida nas regiões tropicais e subtropicais brasileiras já chegou às principais redes de supermercados de grandes cidades do País. Segundo Maia, atualmente, estima-se que o mercado interno tem sido o maior consumidor da uva.

Características da ‘BRS Vitória'
A ‘BRS Vitória' é uma uva preta-azulada, vigorosa, com ciclo precoce (90 a 135 dias da poda à colheita, dependendo da região), com alta fertilidade de gemas, com média de dois cachos por ramo. O peso médio de cachos é em torno de 250-300 gramas e suas bagas com tamanho de 17 mm x 19 mm. Diante dessa fertilidade de gemas, o produtor facilmente consegue atingir uma produtividade de 30-40 toneladas por hectares ao ano. No Vale do São Francisco, visando obter alta qualidade da fruta, os produtores estão trabalhando com dois ciclos produtivos de 15-20 t/ha/ciclo. Ela apresenta teor de açúcar acima de 19º Brix, podendo chegar a 23º Brix, em regiões tropicais. Tem bom comportamento em relação ao rachamento de bagas.

O sabor especial dessa cultivar, sua principal característica, somente surge quando a uva está no ponto ideal de colheita. O teor de açúcar pode atingir altos níveis, mas recomenda-se a colheita quando a uva atingir pelo menos 19º Brix, pois é neste ponto em que ocorre o melhor equilíbrio entre açúcar e acidez, conferindo-lhe um sabor especial, bem distinto e sem adstringência na casca. Após a colheita no ponto ideal, a 'BRS Vitória' pode ser conservada por até 30 dias em câmara fria.

A 'BRS Isis' e a 'BRS Núbia' são outras cultivares de uva de mesa desenvolvidas pela Embrapa Uva e Vinho para regiões tropicais e subtropicais que estão apresentando boa aceitação. "A cor rosa e o formato diferenciado da baga da 'BRS Isis' têm chamado atenção. Já a BRS Núbia é uma uva com semente e que apresenta um grande tamanho de baga e de cor preta uniforme. Elas também estão tendo boa aceitação, mas a 'BRS Vitória' tem se destacado", avalia Maia.

Programa de Melhoramento Genético de Uva
Desde 1977, dando sequência às primeiras iniciativas da antiga Estação Experimental de Caxias do Sul, a Embrapa Uva e Vinho conduz um Programa de Melhoramento voltado à obtenção de cultivares para processamento (vinho e suco) e para mesa. Os pesquisadores buscam desenvolver novas cultivares com melhor adaptação às diferentes condições edafoclimáticas das regiões onde a videira é cultivada no Brasil. Os melhoristas almejam elevadas qualidade e produtividade, alta tolerância às doenças que atacam a cultura, como o míldio e o oídio, e materiais voltados a diferentes finalidades (mesa, suco e vinho).

O Programa utiliza métodos clássicos de melhoramento com manutenção de um Banco de Germoplasma,acervo que reúne cerca de 1,4 mil tipos de uva, entre espécies cultivadas e silvestres, variedades, clones e seleções. Estão em fase de teste três seleções para vinho, três seleções para suco, e 38 seleções de uvas de mesa.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Agenda de Vilmar Cappellaro movimentada e participação forte na Festa dos Vaqueiros em Jutaí

Bastante movimentada a agenda desta sexta-feira (26) do candidato a prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro (PMDB), da coligação ‘Avante Lagoa Grande’, começa logo mais às 10h a gravação para o guia eleitoral. Às 14 reunião no Assentamento José Ramos. Ele também marcará presença na abertura das festividades da Festa do Vaqueiro participando 15h da Cavalgada com Vaqueiros do sítio Cacimba em Jutaí. Às 19, Vilmar retoma a agenda e participa da missa dos Vaqueiros em Jutaí e a noite às 21h prestigia a abertura oficial da festa dos Vaqueiros.

Em dia de impeachment, Exército dá medalha a Sérgio Moro

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava-Jato, recebeu na manhã desta quinta-feira (25), a Medalha do Pacificador, a condecoração máxima dada pelo Exército a pessoas e instituições que o órgão entende prestar serviços relevantes ao país. Além de Moro, outras 300 pessoas também foram homenageadas.

A honraria foi entregue a Moro pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, representou oficialmente o presidente interino Michel Temer, durante a cerimônia. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ministro da Defesa, Raul Jungmann, também estavam presentes. (Via: Correio Braziliense)

DOMINGOS DE CRISTALIA VEM CRESCENDO POLITICAMENTE NA REGIÃO



Ao contrario das outras eleições izacolandia parece que abriu os olhos e dessa vez vai eleger um candidato a vereador , Domingos de cristalia vem a cada dia caindo na graça do povão, jovens crianças e adultos vem caminhando junto com ele nessa campanha em izacolandia.

EDUARDO CAMPOS E FERNANDO BEZERRA COELHO RECEBERAM PROPINA DE DONO DO AVIÃO QUE MATOU EDUARDO, DIZ MPF


O empresário João Carlos Lyra de Melo Filho é o proprietário do avião que caiu em Santos (SP) com Eduardo Campos durante a campanha presidencial de 2014 e entregou propina da empresa Camargo Corrêa ao ex-governador de Pernambuco e ao senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), segundo conclusão do Ministério Público Federal (MPF). [Veja vídeo acima]

De acordo com o inquérito da Polícia Federal, ao qual o G1 teve acesso, ex-funcionários da construtora reconheceram o empresário como sendo a pessoa responsável pelo pagamento do dinheiro ilegal. Os policiais federais prenderam quatro pessoas dentro do Operação Turbulência - Eduardo Freire Bezerra Leite, Arthur Roberto Lapa Rosal e Apolo Santana Vieira, além de Mello Filho.

“João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho foi reconhecido pelos ex-empregados da Camargo Corrêa como sendo a pessoa encarregada de entregar a propina devida por aquela empreiteira ao ex-governador Eduardo Campos e ao senador Fernando Bezerra Coelho em virtude das obras na refinaria Abreu e Lima. Apresenta-se formalmente como único adquirente do avião PR-AFA, embora tal transação não tenha sido formalizada”, diz o inquérito.

A denúncia da Polícia Federal faz referência a trechos de um inquérito do Supremo Tribunal Federal do ano passado que investiga o desvio de dinheiro público na construção da Refinaria Abreu e Lima.

Baseado em depoimentos de ex-empregados da Camargo Correa, o MPF afirma que é "clara a atuação do investigado João Carlos Lyra na condição de operador financeiro de numerários recebidos clandestinamente para abastecer ou pagar dívidas decorrentes da campanha eleitoral do falecido ex-governador Eduardo Campos", referindo-se à campanha de reeleição para o Governo de Pernambuco em 2010.

O inquérito aponta ainda o envolvimento do empresário João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho com o senador Fernando Bezerra Coelho, que, em 2010, era secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco no governo de Eduardo Campos. O STF se refere a uma possível interferência do senador "junto a operadores do esquema de pagamento de propina a partidos políticos decorrentes de contratos com a Petrobras, visando a obtenção de ajuda ilícita à campanha de seu então correligionário".

O senador Bezerra Coelho foi ministro da Integração Nacional no governo Dilma e é pai do atual ministro das Minas e Energia do governo Michel Temer, Fernando Bezerra Filho.

OAS
A construtora OAS Ltda. também é citada no inquérito, como a empresa responsável por repassar o montante de R$ 18.858.978,16 para a conta da Câmara & Vasconcelos Locação e Terraplanagem. O documento afirma que "chama a atenção" o repasse de recursos milionários de quase R$ 19 milhões para "uma empresa fantasma, a qual possui 'laranjas' confessos em sua composição societária, o que representa um claro indicativo de lavagem de dinheiro".

A Câmara & Vasconcelos é considerada pelos policiais como uma das empresas usadas pela organização criminosa investigada na Operação Turbulência, e os repasses feitos a ela teriam o propósito de dissumular os recursos usados não só na compra do avião, mas também no pagamento de dividas de campanha de Campos.

De acordo com o inquérito, Paulo Cesar de Barros Morato é o "verdadeiro responsável pela empresa Câmara & Vasconcelos". O mandado de prisão contra o empresário, que é considerado foragido, foi o único não cumprido pela Operação Turbulência.

O texto ressalta ainda que a OAS foi alvo da Operação Lava Jato e os seus principais executivos foram condenados por corrupção ativa e desvio de recursos públicos na execução das obras de duas refinarias: a de Abreu e Lima, em Pernambuco, e a Getúlio Vargas, no Paraná.

A investigação aponta que, devido ao envolvimento com as empreiteiras OAS e a Camargo Correa, o empresário João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho seria a ligação entre as duas operações: Lava Jato e Turbulência.

Dois delatores da Lava Jato disseram que João Carlos Lyra cobrava comissão de 2% para repassar recursos de empresas. Segundo o inquérito da Polícia Federal, o empresário “foi reconhecido pelos operadores financeiros Roberto Trombeta e Rodrigo Morales como viabilizador da venda de dinheiro em espécie para pagamento de vantagens indevidas pela OAS, cobrando taxa de 2% sobre o montante total e indicado às contas de diversas pessoas físicas e jurídicas para o recebimento dos recursos”.

Pelo esquema de lavagem de dinheiro na compra do avião, o empresário recebeu R$ 3,6 milhões. A Justiça Federal de Pernambuco determinou o bloqueio de R$ 8,5 milhões das contas dele.

Operação
A operação teve início com investigações sobre a compra do avião, logo após o acidente que matou Campos e outras seis pessoas, mas chegou a um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado até R$ 600 milhões, segundo a PF. Esse montante seria alimentado por recursos de propinas e usado por firmas de fachada e sócios “laranjas” para fazer a lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal investiga, agora, a relação entre essas empresas citadas na Turbulência e grupos já envolvidos na Operação Lava Jato e em investigações que estão no Supremo Tribunal Federal (STF).

A operação prendeu na terça-feira quatro empresários suspeitos de integrar a organização criminosa e se beneficiar dela – João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho, Eduardo Freire Bezerra Leite, Arthur Roberto Lapa Rosal e Apolo Santana Vieira. Um quinto empresário, Paulo César de Barros Morato, também teve a prisão preventiva decretada, mas está foragido.

A PF recolheu em casas e escritórios, alvos de mandados de busca e apreensão durante a operação, sete automóveis de alto luxo, 45 relógios de marcas internacionais famosas, além de R$ 3,6 milhões, dólares, revólveres e uma espingarda.Também foram apreendidos dois barcos, dois helicópteros e um avião.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

MULTIDÃO ACOMPANHA VILMAR CAPPELLARO EM CAMINHADA PELO BAIRRO DA ESTATUA EM LAGOA GRANDE












“Eleições vão, mas os amigos ficam”: vale a pena discutir política no Facebook?

Em época de eleição, não é só no horário político e nos debates da TV que as divergências políticas ficam mais expostas. Na internet, as redes sociais acabam se tornando espaços antissociais, onde amigos se exaltam, se ofendem e, por fim se bloqueiam.
Discussões sobre política nas redes sociais, especialmente a respeito das eleições, têm causado consequências diretas na vida real de algumas pessoas. Amigos de infância estão brigando, excluindo um ao outro do convívio pela internet e, nos casos mais graves, até da relação pessoal. E não é só entre amigos que a coisa está ficando complicada: o ambiente familiar também está se estremecendo em algumas situações.
O que se vê nas timelines é que muitos até têm a boa intenção de discutir, dialogar, mas não sabem “brincar” sem “brigar”. Posições divergentes tem ficado cada vez mais claras, ao passo que os bate-bocas são mais constantes.
Existem os que adotam o “meu Face, minhas regras” como filosofia de vida e, com isso, “botam para quebrar”. Não que seja errado se expressar. Não é errado. Que fique claro. O direito à liberdade de expressão é, aliás, uma garantia constitucional. Está na lei. Mas será que vale a pena “jogar tudo para cima” e entrar em brigas homéricas só para discordar do outro e defender o que pensa? Alguns acham que sim. Outros defendem que “as eleições vão, mas os amigos ficam”.
Observando o acirramento político que prevalece em várias cidades, principalmente nos municípios menores e mais pobres do País, não foi difícil tirar uma conclusão de que quem briga por política partidária, não passam de “Bestas”, pois entre os políticos nada além de uma disputa acontece, enquanto que pessoas apaixonadas por partidos, brigam, se maltratam, se intrigam, e até se matam.
O cenário político no estado de PE mostra muito bem a realidade, que para os “Bestas” fica oculta, já que as alianças formadas não respeitam seus partidos, nem tão pouca a opinião pública, numa mostra real de que o interesse pelo poder é muito mais importante que a ética política e até a moral. É mais que normal agora se ver um candidato que em uma cidade é apoiado por um sistema político, e em outra por outro sistema, comprovando assim o acima alegado, contrariando os apaixonados, que em suas mentes insanas, acreditam que disputa política é uma guerra, e que em uma guerra tudo é válido, assassinando simbolicamente a Constituição Federal Brasileira, que reza o direito a democracia, o livre direito de escolha e de liberdade de expressão. (Texto extraído da internet)
Em Lagoa Grande esse tema está saindo do controle, a falta de respeito de alguns cabos eleitorais fica notório nas redes sociais, pessoas usam palavras baixas para denegrir a opinião alheia, isso em pleno século XXI, e o pior, em um país democrático.
Uma coisa é certa! Não brigue com seu amigo por causa da política. Depois os políticos se entendem, mas você perdeu um amigo.

Agenda de Vilmar Cappellaro tem reuniões e visitas


O candidato a prefeito de Lagoa Grande pela coligação ‘Avante Lagoa Grande’, Vilmar Cappellaro (PMDB), começou as movimentações pela manhã de hoje (25) fazendo algumas visitas a eleitores.
Às 14h, o candidato tem reunião com a coordenação geral da campanha no comitê central. Já as 17h, Cappellaro tem reunião marcada no Assentamento Madre Paulina e em seguida as 18h tem mais uma reunião agendada na Associação Malhada Real.
Fechando a agenda, acompanhado do candidato a vereador a reeleição, Mantena o peemedebista tem encontro de família no bairro Morada Nova

MULHER É DETIDA POR TENTAR AGREDIR GERENTE DE BANCO COM FACA EM JUAZEIRO, BA

Armada com faca, idosa tenta entrar em agência bancária de Juazeiro para agredir gerente

Com uma faca em punho, uma idosa de 65 anos tentou entrar na agência do Banco do Brasil (BB) da Avenida Adolfo Viana, no Centro de Juazeiro (BA), para agredir o gerente do estabelecimento. Segundo informações da Rondesp (Rondas Especiais da Polícia Militar), o fato aconteceu ontem (23).

A equipe foi acionada por populares para tentar impedir uma tentativa de agressão. Chegando ao local, os policiais encontraram a senhora, aparentemente com transtornos mentais, com a arma branca na mão. Ela foi detida pelos policiais e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil (DPC), juntamente com a faca apreendida.

ANIVERSARIANTE DO DIA DOMINGOS DE CRISTALIA, AGORA DOMINGOS DE IZACOLANDIA



Hoje (25) de agosto dia do do soldado, e também o dia desse soldado que luta por izacolandia Domingos de Cristalia, parabéns pelo seu aniversario, nessa data tão importante, uma pessoa que veio somar em nossa região correr atras de benefícios para a população de izacolandia e de outras regiões do município de petrolina , e agora esta concorrendo a uma vaga na câmara de vereadores de petrolina, vem a cada dia aderindo pessoas a sua proposta e projeto politico para o município.




quarta-feira, 24 de agosto de 2016

“Assumo um compromisso público. Reduzo meu salário para favorecer a população” afirma Ítalo de Vilma, candidato a vice Prefeito da Coligação 15 Avante Lagoa Grande

Em sua primeira entrevista de rádio, nesta manhã, 24/08, o atual presidente da Câmara de Vereadores e candidato a vice Prefeito, Ítalo de Vilma, foi muito feliz quando foi perguntado enfaticamente por uma ouvinte: “Caso o senhor seja eleito vice Prefeito de Lagoa Grande, o senhor reduziria o seu salário para diminuir os gastos públicos? Prontamente e sem titubear Ítalo, agradeceu a pergunta e declarou: “Assumo um compromisso público com a população, não fugirei a minha responsabilidade”. Se preciso, reduzirei o meu salário, para beneficiar nosso povo” garantiu.

Ítalo de Vilma é formado em gestão pública, natural de Lagoa Grande, de família política tradicional na cidade. Seu pai foi vereador por dois mandatos em Santa Maria da Vista, fez parte do grupo emancipacionista de Lagoa Grande sendo eleito vereador por dois mandatos, após foi sucedido por sua esposa Vilma que exerceu um mandato deixando o legado para o jovem Ítalo que com apenas 22 anos foi eleito vereador, sendo um dos mais votados da cidade. Com 25 anos, foi eleito presidente da Casa Zeferino Nunes, tendo se tornado o presidente da Câmara Municipal mais jovem do estado de Pernambuco.

Demais perguntas: O porquê de querer ser vice Prefeito? O que o governo de Vilmar poderá fazer para melhorar a segurança pública? Em todas Ítalo demonstrou muita serenidade, firmeza e conhecimento ao respondê-las. Ítalo de Vilma foi escolhido pelo maior grupo político de oposição da história de Lagoa Grande com 11 partidos coligados: PMDB, PSD, PTB, PMN, PTN, PPS, PR, DEM, PSDB, PHS e PDT para representar a juventude, na candidatura de Vilmar Cappellaro Prefeito.

Coordenação de Comunicações
Coligação "Avante Lagoa Grande 15"
Jornalista responsável - Sérgio Martins 6056/DRT PE (87) 9 9997.7661

ADOLESCENTE DE 14 ANOS MATA A MÃE A PEDRADAS E TOCA FOGO EM PAI E MADRASTA

Uma adolescente de 14 anos é suspeita de matar a mãe a pedradas, atear fogo no pai e queimar a madrasta no município de Jussiape, na região da Chapada Diamantina. O caso ocorreu na segunda-feira (22), em um povoado conhecido como Paixão. Pai e madrasta estavam dormindo quando foram incendiados com gasolina pela garota. Eles estão internados.

De acordo com a Polícia Militar, a situação foi registrada durante a madrugada e a denúncia chegou à corporação por meio do Conselho Tutelar. A PM detalha que esteve no hospital de Jussiape, onde confirmou a entrada da madrasta da jovem. Ela apresenta queimaduras no corpo e confirmou à polícia que a agressão foi cometida pela enteada.

O pai da adolescente, que também teve o corpo incendiado, foi encaminhado em estado grave para um hospital do município de Vitória da Conquista. Não há informações detalhadas sobre o estado de saúde.

Após obter os relatos sobre o pai e madrasta da jovem, a PM diz que seguiu para o povoado onde ocorreu o caso. No local, o avô paterno confirmou a violência e contou que a neta tinha fugido por uma região de matagal. Testemunhas acrescentaram que a mãe biológica da jovem saiu em busca dela.

Já pela tarde, por volta das 17h, a PM afirma que recebeu informações de populares de um corpo encontrado na mata. No local, foi constatado que a vítima era a mãe da jovem procurada. Investigações preliminares apontam que a vítima encontrou a filha, que ambas entraram em luta corporal e que a jovem acertou a mãe a pedradas. O corpo dela foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Brumado (DPT), na região sudoeste.

A PM detalha que adolescente foi encontrada pela polícia e que familiares relataram que ela enfrenta problemas psicológicos. Equipes de investigação da Polícia Civil estão no povoado, na manhã desta terça-feira (23), onde apuram as circunstâncias do caso.

PF PRENDE PRESIDENTE DO PSDB EM GOIÁS

O presidente do Diretório Regional do PSDB em Goiás, Afreni Gonçalves, foi preso na manhã desta quarta-feira (24) em Goiânia dentro da Operação Decantação, deflagrada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Ministério da Transparência para investigar um esquema de desvio de recursos da Saneago, empresa pública de saneamento do Estado. As informações iniciais dão conta de que diversos agentes federais cumprem 120 mandados em Goiânia, Itumbiara, Formosa, Aparecida de Goiânia, Florianópolis e São Paulo.

Também foi preso o presidente da Saneago, José Taveira Rocha. 

As investigações dão conta de que uma “quadrilha” se instalou na estatal e foi responsável pelo desvio de R$ 4,5 milhões em recursos federais, cujo dinheiro teria sido desviado para o financiamento de campanhas políticas.

São cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 21 de condução coercitiva e 67 de busca e apreensão na sede de empresas envolvidas e do PSDB, em Goiânia, além de residências e outros endereços relacionados aos investigados.

A PF afirma que as investigação concluíram que há indícios de que dirigentes e colaboradores da Saneago promoveram licitações fraudulentas, por meio da contratação de uma empresa de consultoria envolvida no esquema.

Recursos federais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), de financiamentos do Bando Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Caixa Econômica Federal foram desviados para pagamento de propinas e dívidas de campanhas políticas.

Ainda segundo a investigação, a consultoria contratada pela Saneago também é suspeita de favorecer empresas que participavam do conluio e que eram responsáveis, posteriormente, por doações eleitorais.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Lagoa Grande (PE) – Poder público abandonou a Ilha do Pontal

Comunidade da Ilha do Pontal denuncia que recurso do governo federal que vem para o PAA tem sido usado para fins eleitorais“Apenas simpatizantes do Prefeito vendem suas produções” afirma moradora
Sem acesso, sem saúde e sem renda, assim vivem os moradores da Ilha do Pontal. Cercada pelas belezas do velho Chico em Lagoa Grande-PE, a Ilha faz divisa com Itamotinga – Bahia, famosa por ser ponto turístico da cidade e uma das maiores produtoras de frutas, legumes, verduras. São 170 famílias residentes nos quase 700 hectares, que sobrevivem da agricultura familiar produzindo toneladas de frutas mensalmente e distribuindo para toda a região. A única forma de acesso a Ilha é por balsa ou pequenas canoas a motor, onde são transportadas todas as produções, além de bicicletas, motos, eletrodomésticos e os próprios moradores que precisam ir a cidade resolver questões de saúde, educação, assistência social e fazer compras.
Segundo relatos, não há PSF; agentes de saúde não visitam a comunidade, as condições das estradas são precárias, a reclamação do abandono pelo poder público é cada vez mais preocupante.  Dona Otília Paulina está preocupada com o turismo religioso “Nossa balsa está quebrada, pedimos ajuda da Prefeitura, mas eles cancelaram o convênio e não temos como consertar. Nossa maior preocupação é com a falta de acesso a ilha. Vamos começar o novenário da nossa padroeira dia 28/08, teremos uma tradicional procissão dia 07/09, aqui é um ponto turístico, temos uma igreja centenária construída toda de pedras pelos escravos, tombada pelo patrimônio histórico da humanidade, faz tempo que não recebe uma pintura. Recebemos muitos visitantes, turistas e até agora a Prefeitura não tomou nenhuma providência. Já cansamos de pedir e enviar ofício, é um desmantelo só, até parece que não pertencemos à cidade, estamos abandonados pelo Prefeito, esta é a verdade” desabafou.
Dona Maria do Carmo reside há 26 anos, e denuncia que há preferência para eleitores do grupo do Prefeito na aquisição de produtos para o PAA – Programa de Aquisição de Alimentos por parte da Prefeitura. “Os recursos do governo federal vem todos os meses, tem recursos do IPA, CONAB, mas tem 07 meses que a Prefeitura não compra nada de nós. Todas as vezes que procuramos a Prefeitura, só nos iludem, mentem para nós. Agora descobrimos que eles selecionaram algumas famílias de simpatizantes do Prefeito e estão comprando deles. Será que nossa mercadoria não tem o mesmo valor? O recurso não é o mesmo?” questiona a moradora.
Vilmar Cappellaro, candidato a Prefeito, foi convidado para ir ouvir as reclamações da comunidade e afirmou “A população da Ilha precisa urgentemente de cuidados emergenciais. Estas situações não podem continuar assim”. A comitiva de Vilmar foi acompanhada pelo vice-presidente da ASCAIP – Associação de Moradores da Ilha do Pontal. “Este ano não recebemos nenhum centavo da Prefeitura para nos ajudar no conserto da balsa. Eles cancelaram o contrato em Janeiro. E não quiseram renovar“ garante sr. Edivaldo.
O Programa de Aquisição de Alimentos - PAA é uma ação do governo federal que compra alimentos da agricultura familiar e distribui para famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional e são atendidas pela rede sócioassistencial da Prefeitura.
( Informações e foto/ Sérgio Martins).

André reassume mandato no lugar de Guilherme Coelho

O secretário estadual das Cidades, deputado federal André de Paula, acertou, há pouco, a sua saída da pasta com o governador Paulo Câmara, mas conseguiu deixar em seu lugar o sucessor, já que o cargo pertence à cota do PSD, partido no Estado presidido pelo próprio André.
Com a sua saída para reassumir o mandato em Brasília, assume a pasta o diretor presidente do Consórcio Grande Recife, Francisco Papaléo. No lugar de Papaléo, assume o secretário executivo de projetos especiais da Secretaria das Cidades, Ruy Rocha.
Com isso, dentre os sete suplentes na Câmara em Brasília, quem volta à província é o ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB).
Nota Oficial
Ao longo das últimas semanas, construí com o governador Paulo Câmara meu retorno ao Congresso Nacional. Esse processo teve a participação direta do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, que entende que a minha presença em Brasília fortalece nosso partido e abre novas possibilidades para minha atuação. Retorno à Câmara dos Deputados para exercer o mandato confiado a mim por milhares de pernambucanos. 
Paralelo à atividade parlamentar, terei mais tempo para dedicar-me às principais campanhas da Frente Popular, a exemplo da do prefeito do Recife, Geraldo Júlio, e, sobretudo, às campanhas dos nossos companheiros do PSD.
O presidente do Grande Recife Consórcio de Transportes, Francisco Papaléo, assume a Secretaria das Cidades com a missão de dar continuidade aos projetos desenvolvidos na pasta. Em seu lugar, assume o Grande Recife o secretário executivo de projetos especiais da Secid, Ruy do Rego Barros Rocha.
André Carlos Alves de Paula Filho
Deputado federal

QUARTA E QUINTA FEIRA VERDE NO MERCADO MARTINS EM LAGOA GRANDE

Banana... 2.99




Coentro... 0.99


                                                                     Gerimum... 0.99
Goiaba... 2.99

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Irmão tenta matar outro por dívida de R$ 10 no Centro de Petrolina

Uma dívida de R$ 10 foi o motivo para um homem tentar matar o próprio irmão na Praça Dom Malan, ao lado da Catedral, no Centro de Petrolina. O fato aconteceu ontem (21). Segundo informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Rogério Henrique da Silva Miranda, de 30 anos, desferiu três golpes de faca que atingiram Diego Henrique da Silva Miranda, 24, no pescoço, peito e perna.
Após cometer a tentativa de homicídio, o acusado fugiu do local. A vítima foi socorrida para o Hospital Universitário (HU). Horas depois, os policiais localizaram Rogério no conjunto habitacional Monsenhor Bernardino, onde foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil (DPC).
Segundo a equipe médica do HU, a vítima se encontra em estado estável. Após levantamentos da polícia, foi constatado que Diego é foragido da Justiça, tendo um mandado de prisão contra ele. Por conta disso, foi providenciada de imediato a custódia da vítima enquanto estiver no hospital. (foto/reprodução WhatsApp)

Coligação Avante Lagoa Grande faz caminhada na feira livre de Lagoa Grande







O candidato a prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro (PMDB), começou de vez sua campanha. Nessa sábado (20), pela manhã, o candidato realizou uma caminhada pela feira livre da cidade. Ao lado do seu vice, Ítalo de Vilma (PDT), correligionários e amigos.
Vilmar e Ítalo circularam pela feira, onde conversaram com feirantes, agricultores e com várias pessoas, que por diversas vezes vieram lhe cumprimentar e dizer que irão votar neles para prefeito e vice de Lagoa Grande.
Muitos candidatos a vereador também participaram do movimento, que levou várias pessoas pela feira de Lagoa Grande. “A recepção aqui na feira livre superou nossas expectativas. Foi uma ótima chance para apresentar nossas propostas e ouvir a população”, disse Vilmar.
Deste a ultima terça-feira (16), data inicial para os candidatos inicarem suas campanhas política, a coligação do candidato Vilmar Cappellaro não parou, já foi realizado três adecisavaços, um na sede, no distrito de Vermelhos e em Jutaí.
A Coligação Avante Lagoa Grande é composto pelos os partidos: PMDB / PSD / PSDB / PTB / PMN / PPS / PTN / PHS / PR / DEM / PDT

ALVANIR GOMES FAZENDO A CAMPANHA CORPO A CORPO E OLHO NO OLHO NA FEIRA LIVRE DE LAGOA GRANDE



Na manha do sábado (20) o candidato a vereador alvanir gomes entrou em campo logo cedo conquistando novos eleitores, fazendo uma caminhada pela feira livre de lagoa grande foi  
caindo na graça do povo,  

domingo, 21 de agosto de 2016

Estrada da Morte: Tragédia com duas vitimas fatais na Estrada da Uva e do Vinho


 no final da tarde deste sábado (20), dois jovens, de prenomes, Izael e Pedro Henrique, estava ido para o Povoado de Vermelhos no Astra de cor prata, perdeu o controle do veículo nas proximidade do Assentamento Madre Paulina, vindo a capotar por vária vezes com isso os corpos dos dois jovens foram arremessados para fora do veículo que foram a óbito no local.
Nenhuma outra informação chegou sobre os detalhes do acidente, mais que essa estrada tem feito muitas vítimas, seja por animais soltos ou pela buraqueira da pista da Estrada da Uva e do Vinho.
Os corpos foram conduzidos pelo o IML para cidade vizinha de Petrolina. O sepultamento está marcado para as 17 horas deste domingo.
O blog do Everaldo